6 Sigma

Definindo em poucas palavras, o 6-Sigma consiste na aplicação de métodos estatísticos a processo empresariais, orientada pela meta de eliminar defeitos. O sistema 6-Sigma se concentra na melhoria da qualidade (por exemplo, redução do desperdício) ao ajudar as organizações a produzir de forma melhor, mais rápida e mais econômica. Em termos tradicionais, o 6-Sigma focaliza a prevenção de defeitos, a redução dos tempos de ciclo e a economia de custos.

Análise SWOT

O termo SWOT é uma sigla oriunda do idioma inglês, e é um acrônimo de Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). A Análise SWOT é uma ferramenta utilizada para realizar um diagnóstico de cenário (ou análise de ambiente), resultando em uma reflexão sobre os pontos importantes em uma tomada de decisão. Ela é usada como apoio na gestão e planejamento estratégico de corporações ou empresas. Devido a sua simplicidade, pode também ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário.

BI - Business Intelligence

O Business Intelligence é o processo de transformar dados em informação e, através da descoberta, transformar a informação em conhecimento. Pode ser definido como um conjunto de técnicas utilizadas para extrair inteligência a partir de dados sobre um determinado negócio.

Business Discovery

Business Discovery ou Descoberta de Negócios é uma coleção de ferramentas e técnicas utilizadas para definir, mapear e analisar os processos de negócios existentes de uma organização. Constitui-se em uma análise do estado atual das informações da empresa através de dados, identificando as principais áreas problemáticas a serem abordadas, eliminando a adivinhação.

BPM

Business Process Management (Gerenciamento de Processos de Negócio) é um conceito que une gestão de negócios e tecnologia da informação com foco na otimização dos resultados das organizações através da melhoria dos processos de negócio. O BPM proporciona gerenciamento holístico, alinhando processos de negócio com as necessidades dos clientes. Através do BPM, as organizações têm se provado mais eficientes, mais efetivas e com maior capacidade de mudanças do que aquelas com foco funcional, com abordagem de gerenciamento tradicional.

CAGR

A Compound Annual Growth Rate (CAGR), que em português significa taxa composta de crescimento anual, devolve a taxa de rentabilidade interna de uma sucessão de fluxos monetários. Dito de outra forma, mede a taxa composta média anual de crescimento de retorno de um investimento durante um determinado período de anos; portanto representa o ganho anual uniformizado obtido com um investimento durante um determinado horizonte temporal.

Cinco Forças de Porter

O modelo das Cinco Forças de Porter foi concebido por Michael Porter em 1979 e destina-se à análise da competição entre empresas. Considera cinco fatores, as "forças" competitivas, que devem ser estudados para que se possa desenvolver uma estratégia empresarial eficiente. Porter refere-se a essas forças como microambiente, em contraste com o termo mais geral macroambiente. O impacto dessas forças numa empresa afeta a sua capacidade para servir os seus clientes e obter lucros. Uma mudança em qualquer uma das forças normalmente requer uma nova análise para re-avaliar o mercado. Porter avalia que a estratégia competitiva de uma empresa deve aparecer a partir da abrangência das regras da concorrência que definem a atratividade de uma indústria.

CMV

CMV ou Custo de mercadoria Vendida é o somatório dos itens que compuseram o custo de fabricação do produto vendido. Cada componente que gerou um custo no processo de produção quando dado baixa no estoque torna-se despesa.

Crescimento Inorgânico

É a expansão de um negócio obtida através de operações de concentração como fusões e aquisições. Em alguns setores específicos, este crescimento pode por vezes acontecer devido a diretivas legais. Tipicamente, o crescimento inorgânico inclui o impacto de alterações cambiais e o desempenho de economias estrangeiras. Em oposição ao crescimento orgânico, este tipo de expansão é grandemente afetado por fatores exógenos (externos). Permite às empresas atingirem de forma rápida dimensões que levariam mais tempo a atingir crescendo naturalmente.

Crescimento Orgânico

É o crescimento que vem dos negócios existentes de uma companhia, ao contrário do crescimento que vem de comprar negócios novos. O crescimento orgânico inclui o crescimento durante um período que resulte do investimento nos negócios que a companhia possuiu no início do período.

CRM

Customer Relationship Management (CRM) é um termo em inglês que pode ser traduzido para a língua portuguesa como Gestão de Relacionamento com o Cliente. Foi criado para definir toda uma classe de ferramentas que automatizam as funções de contato com o cliente. O CRM armazena e inter-relaciona de forma inteligente informações estratégicas sobre clientes, fundamentando assim uma mudança de atitude corporativa e ajudando as companhias a criar e manter bons relacionamentos.

Curva ABC - Teorema de Pareto

A Curva ABC ou Curva 80-20 é um método de classificação de informações, para que se separem os itens de maior importância ou impacto, os quais são normalmente em menor número. Baseada no teorema do economista Vilfredo Pareto, onde após estudo sobre a renda e riqueza, ele observou uma pequena parcela da população, 20%, que concentrava a maior parte da riqueza, 80%. Numa organização, a curva ABC é muito utilizada para a administração de estoques, mas também é usada para a definição de políticas de vendas, para o estabelecimento de prioridades, para a programação de produção, etc.

Dashboard

Dashboard ou painel de controle é um termo utilizado para indicar um painel de indicadores. Nele está contida a apresentação visual das informações mais importantes de uma empresa ou setor, consolidadas em uma única tela para facilitar o acompanhamento do negócio e dar o suporte necessário para alcançar um ou mais objetivos pré-estabelecidos. O dashboard pode ser também utilizado como suporte nas decisões estratégicas do corpo executivo, para acompanhamento diário nos setores operacionais e até como ferramenta para simulações de cenários.

DDE

DDE ou Dia de Estoque é um indicador que mede a quantidade média de dias que um item permanece em estoque, desde a data de compra até a data de venda.

Diagrama de Gantt

Desenvolvido em 1917 pelo engenheiro mecânico Henry Gantt, esse diagrama ou gráfico é utilizado como ferramenta de controle para projetos. Nele podem ser visualizadas as tarefas de cada membro de uma equipe, bem como o tempo planejado e o utilizado para cumpri-las. É uma ótima forma de balizar o desempenho de um projeto, pois permite tirar conclusões sobre o seu desempenho em termos de custo e prazo.

DRE

A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) é uma demonstração contábil dinâmica que se destina a evidenciar a formação do resultado líquido do exercício, através do confronto das receitas, custos e despesas apuradas segundo o regime de competência (princípio contábil). A demonstração do resultado do exercício oferece uma síntese financeira dos resultados operacionais e não operacionais de uma empresa em certo período. Embora sejam elaboradas anualmente para fins de divulgação, em geral são feitas mensalmente pela administração e trimestralmente para fins fiscais.

EBITDA

EBITDA é a sigla de “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization”, que significa "Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização", em português. O EBITDA é um indicador financeiro, também chamado de Lajida, e representa quanto uma empresa gera de recursos através de apenas em suas atividades operacionais, sem levar em consideração impostos e outros efeitos financeiros.

Equity

É o requerente residual ou de interesse da classe mais jovem dos investidores em ativos, depois de todos os passivos são pagos, se a responsabilidade for superior a bens, existe patrimônio líquido negativo. Em um contexto contábil, do patrimônio líquido (ou acionistas patrimônio líquido, 'fundos, os acionistas de acionistas de capital ou termos similares) representa a participação remanescente dos ativos de uma empresa, distribuídos entre os acionistas individuais de ações ordinárias ou preferenciais, um líquido negativo' capital próprio é muitas vezes referida como um déficit.

ERP

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (SIGE ou SIG), em inglês Enterprise Resource Planning (ERP) , são sistemas de informação que integram todos os dados e processos de uma organização em um único sistema. Os ERPs em termos gerais, são plataformas de software desenvolvidas para integrar os diversos departamentos de uma empresa, possibilitando a automação e armazenamento de todas as informações de negócios.

Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa (designado em inglês por "cash flow"), refere-se ao montante de caixa recebido e gasto por uma empresa durante um período de tempo definido, algumas vezes ligado a um projeto específico. Existem dois tipos de fluxos:
- outflow, de saída, que representa as saídas de capital, subjacentes às despesas de investimento.
- inflow, de entrada, que é o resultado do investimento. Valor que contrabalança com as saídas e traduz-se num aumento de vendas ou representa uma redução de custo de produção, etc.
Na Contabilidade, uma projeção de fluxo de caixa demonstra todos os pagamentos e recebimentos esperados em um determinado período de tempo. O controlador de fluxo de caixa necessita de uma visão geral sobre todas as funções da empresa, como: pagamentos, recebimentos, compras de matéria-prima, compras de materiais secundários, salários e outros, por que é necessário prever o que se poderá gastar no futuro dependendo do que se consome hoje.

Forecast

Forecast significa previsão, em inglês. É um termo utilizado pelas empresas e por organizações para ações de criação de estimativas, prognósticos, previsões e até mesmo palpites. Pode-se utilizar o forecast para determinar metas de vendas e de produção, planejar setores como compras, financeiro, custos, e também para dimensionar processos de logística.

Gestão à Vista

A gestão à vista tem como objetivo disponibilizar as informações necessárias de uma forma simples e de fácil assimilação, buscando tornar mais fácil o trabalho diário e também a busca pela melhoria da qualidade. Ela torna possível a divulgação de informações para um maior número de pessoas simultaneamente e ajuda a estabelecer a prática de compartilhamento do conhecimento como parte da cultura organizacional.

Giro de Estoque

Giro de Estoque (GE) ou Rotatividade dos Estoques é o número (velocidade) de vezes que um produto ou mercadoria é reposto nas prateleiras de um estabelecimento durante um período de tempo, no decorrer de um ano. Quanto maior for o GE maior será, certamente, o volume de vendas e a margem de lucratividade.

HTML

HTML (abreviação para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores.

HVM

High Value Manufacturing é a aplicação de conhecimento técnico de ponta e conhecimentos para a criação de produtos, processos de produção e serviços associados, que têm forte potencial para trazer um crescimento sustentável e de alto valor econômico para um país.

Java

Java é uma linguagem de programação orientada a objeto desenvolvida na década de 90 pela empresa Sun Microsystems. Diferentemente das linguagens convencionais, que são compiladas para código próprio, a linguagem Java é compilada para ser executada em uma máquina virtual, o que possibilita uma única linguagem de programação possa ser utilizada para fazer programas para diferentes sistemas.

Just In Time

Just In Time é um sistema de administração da produção que determina que nada deve ser produzido, transportado ou comprado antes da hora exata. Pode ser aplicado em qualquer organização, para reduzir estoques e os custos decorrentes. Com este sistema, o produto ou matéria prima chega ao local de utilização somente no momento exato em que for necessário. Os produtos somente são fabricados ou entregues a tempo de serem vendidos ou montados. O conceito desse sistema está relacionado ao de produção por demanda, onde primeiramente vende-se o produto para depois comprar a matéria prima e posteriormente fabricá-lo ou montá-lo. Pode ser aplicado também analogicamente a outras estruturas de negócios, como serviços.

KPI

Um Indicador-chave de desempenho (em inglês Key Performance Indicator, mede o nível de desempenho de um processo ou indicador, focando no “como” e indicando quão bem a empresa está no que tange os objetivos a serem alcançados. Os KPIs permitem que os executivos do alto escalão comuniquem a missão e visão da empresa aos mais baixos níveis hierárquicos, envolvendo diretamente todos os colaboradores na realização dos objetivos estratégicos da empresa.

Margem Líquida

A Margem Líquida pode ser definida como a razão entre o valor do lucro líquido e o valor das vendas. Este valor é o percentual de lucro líquido que a empresa conseguiu obter em relação ao seu faturamento. Por lucro líquido entende-se o lucro após a dedução de todas as despesas, incluindo impostos.

Market Share

Market Share ou participação no mercado é uma expressão que designa a fatia de mercado detida por uma organização. Sua medida quantifica em porcentagem a quantidade do mercado dominado por uma empresa. Divide-se o número total de unidades que a empresa vendeu pelo total de unidades vendidas no segmento em que a empresa atua. O valor pode ser obtido ainda da divisão do valor total em vendas da empresa pelo valor total em vendas do segmento.

Memória RAM

Memória de acesso aleatório (do inglês Random Access Memory (RAM)) é um tipo de memória que permite a leitura e a escrita, utilizada como memória primária em sistemas eletrônicos digitais. A memória RAM é um componente essencial não apenas nos computadores pessoais, mas em qualquer tipo de computador, pois é a memória utilizada para "rodar" os programas e sistemas operacionais. Por mais que exista espaço de armazenamento de arquivos disponível, na forma de um HDD ou memória flash, é sempre necessária uma certa quantidade de memória RAM e, naturalmente, quanto mais memória, melhor o desempenho.

Metodologia Multiatributo

A Metodologia Multiatributo é uma forma de comparar empresas, setores, mercados ou indivíduos, baseando-se em critérios e expectativas pré-estabelecidas. Para tal, avalia-se o quão bem posicionada cada indivíduo está em todos os critérios em relação ao esperado através de uma pontuação. Pode-se atribuir pesos a cada critério. Ao término da análise cada indivíduo terá uma nota média, que dará sua classificação em relação aos demais indivíduos participantes da comparação.

Modelagem de Negócios

A Modelagem de Negócios é um procedimento normalmente realizado por empresas que estão buscando padronizar ou melhorar a qualidade ou a eficiência de seus processos de negócios. Consiste principalmente na documentação de conjuntos estruturados de atividades no negócio, desenhados para produzir um resultado especifico para um cliente ou um mercado em particular.

OSM

Organização, Sistemas e Métodos é uma área clássica da administração que lida com um conjunto de técnicas que tem como objetivo principal aperfeiçoar o funcionamento das organizações. A função de Organização e Métodos é reconhecida pelas siglas: O&M e OSM. A responsabilidade básica da área de Sistemas, Organização e Métodos é a de executar as atividades de levantamento, análise, elaboração e implementação de sistemas administrativos na empresa. O objetivo é o de criar ou aprimorar métodos de trabalho, agilizar a execução das atividades, eliminar atividades em duplicidade, padronizar, melhorar o controle, fazer o gerenciamento dos processos e solucionar problemas, também chamados de patologias organizacionais.

Repositório de Dados

Um repositório de dados é um local de armazenamento centralizado de informações, geralmente situado em um servidor para que todos os dados possam ser acessados através de uma rede doméstica, empresarial ou pela Internet.

Servidor

Um servidor é um sistema de computação centralizado que fornece serviços a uma rede de computadores. Esses serviços podem ser de natureza diversa, como por exemplo, gestão de arquivos, manutenção de banco de dados e correio eletrônico. Os computadores que acessam os serviços de um servidor são chamados clientes. As redes que utilizam servidores são do tipo cliente-servidor, utilizadas em redes de médio e grande porte (com muitas máquinas) e em redes onde a questão da segurança desempenha um papel de grande importância. O termo servidor é largamente aplicado a computadores completos, embora um servidor possa equivaler a um software ou a partes de um sistema computacional, ou até mesmo a uma máquina que não seja necessariamente um computador.

Site Selection

Site selection (a escolha do local) é uma metodologia que auxilia a escolha de um novo local de instalação, tanto para negócios como para indústrias e agências do governo. A escolha do local envolve medir as necessidades de um novo projeto contra os méritos de potenciais localizações. A prática veio durante o século 20, quando os governos e as operações corporativas estavam expandido para novas regiões geográficas em escala nacional e internacional.

Valuation

Valuation é o termo em inglês para "Avaliação de Empresas", "Valoração de Empresas" e "Arbitragem de Valor". Esta área de finanças estuda o processo de se avaliar o valor de determinado ativo, financeiro ou real. Existem diversas formas de avaliação, sendo as mais comuns o valor dos ativos, o valor presente do fluxo de caixa futuro, ou o valor dos múltiplos da empresa. Com base na avaliação do valor da empresa, analistas fazem recomendações de compra ou venda comparando com o preço atual das ações da empresa listadas na bolsa.

What If Analysis

É o processo de determinar os efeitos sobre os resultados de um modelo estatístico ou planilha de cálculo através de mudanças sistemáticas na entrada. Por exemplo, no processo orçamentário, muitos fatores, tais como taxas futuras de impostos, taxas de juros, taxas de inflação, a contagem de empregado, despesas, são variáveis na medida em que eles podem desviar valores esperados. Também chamado de análise de sensibilidade.